emissão em direto

Romance “Trilhos Incertos” na Biblioteca Municipal

Helena Soares Silva esteve no passado sábado na Biblioteca Municipal do Cadaval para o lançamento oficial do seu mais recente romance, intitulado “Trilhos Incertos”. Nascida em Timor-Leste, em 1962, e residente na freguesia do Peral (Cadaval), a autora tem esses locais como fonte de inspiração para a sua escrita.

Helena Soares Silva esteve no passado sábado na Biblioteca Municipal do Cadaval para o lançamento oficial do seu mais recente romance, intitulado “Trilhos Incertos”. Nascida em Timor-Leste, em 1962, e residente na freguesia do Peral (Cadaval), a autora tem esses locais como fonte de inspiração para a sua escrita.

Dividindo-se entre a escrita de poesia e de prosa, Helena proporciona “um requintado romance de aventura” em que “o acaso e alguns insólitos acontecimentos mudam inesperadamente a rota de uma viagem”, pode ler-se na sinopse do livro.

Foi atleta durante toda a sua juventude, tendo sofrido várias lesões que a viriam a condicionar. Dedicou-se à escrita desde muito cedo, mas só depois de se reformar da função pública viria a retomar esta sua forma de arte.

Últimas Notícias

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

Vigília com “abraço” ao hospital das Caldas da Rainha

Uma vigília que terminou com um cordão humano em frente à urgência do hospital das Caldas da Rainha foi a forma encontrada pela população para exigir medidas do Governo para melhorar as condições em que trabalham os profissionais de saúde. O alerta foi feito na noite da passada sexta-feira.

Barco de pesca encalhou na Consolação

Um barco de pesca encalhou na madrugada desta terça-feira a sul da Consolação, ao largo de Peniche, com cinco pescadores a bordo, que conseguiram chegar a terra sem problemas numa balsa salva-vidas.

VMER volta a ter mais saídas para situações de trauma

A Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) das Caldas da Rainha no serviço de urgência do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) voltou à situação “normal” de seis a sete saídas por turno de oito horas, número que havia reduzido nos dois últimos anos de pandemia. No dia 15 de maio foi celebrado o 20º aniversário da VMER.