emissão em direto

Guilherme Ferreira feliz por dar alegria a tocar acordeão

“Gosto muito do estilo de música dos ranchos e sinto felicidade a ouvir o que toco para alegrar as pessoas”, comentou o jovem obidense Guilherme Ferreira, de 14 anos, que está na final do concurso "Acordeão d'Ouro", do programa Praça da Alegria, da RTP1, como o JORNAL DAS CALDAS revelou na semana passada.

“Gosto muito do estilo de música dos ranchos e sinto felicidade a ouvir o que toco para alegrar as pessoas”, comentou o jovem obidense Guilherme Ferreira, de 14 anos, que está na final do concurso “Acordeão d’Ouro”, do programa Praça da Alegria, da RTP1, como o JORNAL DAS CALDAS revelou na semana passada.

Desde miúdo que anda no Rancho Folclórico e Etnográfico Estrelas do Arnóia, da Sancheira Grande. Natural da aldeia vizinha, Sancheira Pequena, e conhecido por “Gasolinas”, nome que amigos lhe deram quando foi visto a andar pela povoação numa bicicleta com dois bidões de gasolina atrás, Guilherme Ferreira iniciou esta viagem pela música tradicional tocando reco-reco, seguiu com a dança e mais tarde a concertina. Mas, e porque tratava-se de um objetivo, passou a tocar acordeão.

“Tinha quatro ou cinco anos quando uma vizinha que tinha um café na terra e estava no Canadá perguntou-me o que queria que trouxesse de lá para Portugal e eu pedi-lhe uma concertina e ela trouxe uma pequena. Quando eu tinha sete anos, o meu avô comprou uma concertina e estava todas as semanas a ter ensaios. Um dia pedi-lhe a concertina e comecei a tocar”, contou o jovem, que já inspirou o pai, a irmã, a avó e uma prima para entrarem no rancho folclórico.

O primeiro passo da sua participação no concurso aconteceu a 14 de dezembro do ano passado, apurando-se para a fase seguinte com o tema “A Francesa”. Nesse dia, contou, igualmente, com a participação do seu avô, Fernando, interpretando “Algarve em flor”, o que o fez receber muitos elogios do júri e público do programa apresentado por Jorge Gabriel e Sónia Araújo.

Já na meia-final, ao tocar “Rosas da Despedida” no acordeão e “Rapsódia” na concertina, garantiu a passagem para a final.

Últimas Notícias

Funcionária acusada de desviar dinheiro de taxas moderadoras

O Ministério Público deduziu acusação contra uma mulher que exerceu funções no serviço de atendimento complementar da Nazaré, pertencente ao Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Oeste Norte, e que nesse âmbito está indiciada da prática de crimes de peculato e de recebimento indevido de vantagem.

Radiocomunicações de barcos fiscalizadas

A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) levou a cabo no último trimestre de 2021 um conjunto de ações de fiscalização com a Polícia Marítima, numa zona compreendida entre os portos de Caminha e Peniche.

Uma semana com mais 5 mortes e mais 1172 casos ativos no Oeste

Os dados divulgados até à noite de 10 de fevereiro davam conta que no total, desde o início da pandemia, foram registados 831 óbitos (mais 5 em relação à semana passada) na região Oeste associados à Covid-19. O concelho de Torres Vedras era onde se verificava o maior número de falecimentos, que ascendem a 197 […]