emissão em direto

Luís Alberto encontrado morto

O corpo de Luís Alberto foi encontrado neste domingo, antes das dez da manhã, junto ao braço da Barrosa, nas imediações da Lagoa de Óbidos, vários quilómetros a sul do local onde estava a ser procurado. A Polícia Judiciária foi acionada para realizar perícias.

O corpo de Luís Alberto foi encontrado neste domingo, antes das dez da manhã, junto ao braço da Barrosa, nas imediações da Lagoa de Óbidos, vários quilómetros a sul do local onde estava a ser procurado. A Polícia Judiciária foi acionada para realizar perícias.

O cadáver foi descoberto por populares, pondo fim às buscas que mobilizaram um grande contingente de operacionais dos bombeiros, GNR e Polícia Marítima, a que se juntaram largas dezenas de pessoas.

A área das buscas estava mais concentrada na zona de trilhos na encosta da Foz do Arelho, dado que Luís Alberto, de 44 anos, era um desportista de contacto com a natureza e costumava correr naquela zona, que conhecia bem por ser natural do Nadadouro.

O homem, que trabalhava no ramo da construção civil, saiu de casa na sexta-feira pelas 18 horas para correr e não regressou. O seu cão, que foi com ele, foi encontrado próximo da Green Hill, o que fez orientar as buscas, com drones e cães pisteiros, para aquela zona.

Acabaria por ser localizado por um grupo de populares pendurado numa árvore, na quinta da Barrosa, no Nadadouro, nas Caldas da Rainha, em circunstâncias que estão a ser investigadas, entre os cenários em aberto, entre suicídio e homicídio. A autópsia irá revelar mais dados às autoridades.

Últimas Notícias

Funcionária acusada de desviar dinheiro de taxas moderadoras

O Ministério Público deduziu acusação contra uma mulher que exerceu funções no serviço de atendimento complementar da Nazaré, pertencente ao Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Oeste Norte, e que nesse âmbito está indiciada da prática de crimes de peculato e de recebimento indevido de vantagem.

Radiocomunicações de barcos fiscalizadas

A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) levou a cabo no último trimestre de 2021 um conjunto de ações de fiscalização com a Polícia Marítima, numa zona compreendida entre os portos de Caminha e Peniche.

Uma semana com mais 5 mortes e mais 1172 casos ativos no Oeste

Os dados divulgados até à noite de 10 de fevereiro davam conta que no total, desde o início da pandemia, foram registados 831 óbitos (mais 5 em relação à semana passada) na região Oeste associados à Covid-19. O concelho de Torres Vedras era onde se verificava o maior número de falecimentos, que ascendem a 197 […]