emissão em direto

Pandemia não impediu 50 mil visitantes no Óbidos Vila Natal

O Óbidos Vila Natal encerrou portas no passado dia 2, depois ter sido visitado por cerca de 50 mil pessoas ao longo de 34 dias, funcionando ininterruptamente durante todo o mês de dezembro, embora limitado na lotação a mais de metade da sua capacidade.

O Óbidos Vila Natal encerrou portas no passado dia 2, depois ter sido visitado por cerca de 50 mil pessoas ao longo de 34 dias, funcionando ininterruptamente durante todo o mês de dezembro, embora limitado na lotação a mais de metade da sua capacidade.

Filipe Daniel, presidente da Câmara Municipal de Óbidos, considera que o balanço é “muito positivo, face às adaptações e à nossa capacidade de reinvenção, num período difícil, onde a resiliência e o empenho dos nossos colaboradores foram determinantes no sucesso deste evento”.

O autarca garantiu que a “política de eventos, em Óbidos, é para continuar”, sublinhando que tudo fará “para que a segurança de todos esteja sempre em primeiro lugar, mas não esquecendo a economia”. “A atração de visitantes à vila superou as expetativas, o que permitiu o aumento do valor de negócios nas diferentes áreas económicas na vila, como o comércio, a restauração, o alojamento, entre outras, em Óbidos e nos concelhos limítrofes”, manifestou.

Alexandre Ferreira, da empresa municipal Óbidos Criativa, entidade organizadora do Óbidos Vila Natal, afirmou que “apesar de sabermos, à partida, que o número de visitantes iria diminuir em relação a edições anteriores, devido à obrigação de reduzir a lotação e ao receio que várias pessoas têm de andar em público, decidiu-se avançar com um evento nos moldes dos realizados anteriormente, para que não se perdesse a qualidade”. “Apesar dos constrangimentos existentes, e da necessidade de tomar decisões diariamente devido à obrigação de implementar medidas de combate ao vírus, o balanço final é francamente positivo”, sublinhou o responsável, acrescentando que “o número de visitantes ao evento superou, em larga medida, as melhores previsões”.

Este evento, que se pautou por ser o primeiro a ser realizado em Óbidos desde dezembro de 2019, ainda sob fortes restrições dadas as condições pandémicas, “veio mostrar que é possível abrir portas ao público com toda a segurança e em cumprimento das medidas impostas”, referiu a autarquia. Permitiu, ainda, ao público a vivência da época festiva de natal e a visita a Óbidos, proporcionando algum fluxo turístico à região, necessário à retoma económica.

Todas as regras impostas pelo governo foram estritamente cumpridas, nomeadamente a utilização de máscara, a desinfeção dos espaços e das mãos, a apresentação dos certificados de vacinação e, a partir do dia 25 de dezembro, a obrigatoriedade de apresentação de teste negativo à Covid-19. Tal exigiu a adaptação constante dos meios às regras, tendo o evento sido dotado, inclusive, de uma Unidade Móvel de Saúde onde colaboradores, parceiros e visitantes realizavam diariamente auto-testes.

Últimas Notícias

Casal cultivava canábis em casa

Um homem de 48 anos e a sua companheira, de 40 anos, foram constituídos arguidos, após o desmantelamento de uma estufa de canábis no concelho do Bombarral.

Banhista inglês socorrido

Um homem de 46 anos, de nacionalidade britânica, que alegadamente sofreu um trauma cervical depois de ter mergulhado em Point Fabril, uma praia não vigiada, em Ferrel, no concelho de Peniche, no passado sábado, foi socorrido por elementos do Comando-local da Polícia Marítima de Peniche, do Projeto “SeaWatch”, bem como dos Bombeiros Voluntários de Peniche.

Nadadores encontram crianças perdidas

Os nadadores salvadores da Nazaré ajudaram neste domingo em quatro situações de crianças perdidas na praia. Todas elas foram encontradas e entregues aos pais, graças ao sistema de comunicação entre os postos de praia.

Ciclismo em A-dos-Francos

No dia 21 de agosto, a segunda etapa da 14ª Volta a Portugal de Cadetes em ciclismo vai passar em A-dos-Francos, junto ao monumento de homenagem a João Almeida, cerca das 11h30, depois do prólogo em Alpiarça e da primeira etapa entre Almeirim e Benavente.